Posts

Showing posts from September, 2010

O Triunfo

Os Romanos tinham por hábito celebrar uma grande vitória militar com um triunfo, onde o exército vencedor desfilava em parada, juntamente com o espolio da conquista, os escravos e, por fim, o general, que vinha numa quadriga partilhada com um escravo que lhe segurava a coroa de louros enquanto lhe dizia ao ouvido “lembra-te que és apenas um homem”.

Todos nós já nos sentimos verdadeiros “generais” com o seu momento de glória, mas sendo homens também temos os nossos erros e algumas más decisões. Pior que decidir mal é não decidir, e como tal, a recente jornada irá ter um desvio súbito mas que faz todo o sentido. Entre felicidade e a imagem, pela primeira vez, decidi ser feliz.

Até onde vai a traição

A mudança é boa e quem me conhece sabe que gosto de mudar. Apura-nos os sentidos, estimula o que de bom há em nós, agita a nossa área de conforto e lança-nos novos desafios. No final, crescemos em cada mudança que temos e emergimos melhores, com mais competências e mais diferenciação.

De facto, uma coisa que aprendi e, fazendo eco às palavras de um antigo director - homem experiente que no final da década de 90 já tinha uns anos de multinacionais anglo-saxónicas – “o amor é camisola é fantásticas, mas a primeira camisola que temos que amar é a nossa”.

Ora estando eu a digerir a recente mudança, que apesar de condicionada por alguns factos que entretanto acabaram por se revelar antagónicos, cai-me no colo um presente que de tão doce que é não me conseguiu tirar o saber a fel da boca.
Como em tudo na vida, é bom sentirmo-nos desejados, especialmente em alturas em que andamos mais inseguros, mas não estava preparado para um acontecimento destes. E agora toda a minha noção de fidelidade foi …