Posts

Showing posts from January, 2007

Benfica - a imagem de um país

Image
Sou benfiquista desde pequenino. A vantagem de morar perto do estádio foi importante e habituei-me a festejar as vitórias dos anos 80 e iníçio dos 90, quando ia com os amigos em magote à bola. Na ida, a ansiedade do jogo fazia acelerar o passo para no regresso o ritmo ser ao sabor da toada do discurso, falando da finta do Chalana, do golo do Carlos Manuel ou da grande defesa do Bento. Vivi no velho estádio da Luz alguns dos momentos mais alegres da minha vida: a vitória contra o Steaua de Bucareste, na 1ª final dos Campeões Europeus que acompanhei, às vitórias europeias do basket, os triunfos do Andebol com o Paulo Bunze e o Apelgreen, à mão do Vata contra o Marselha. Enfim, foram centenas de jogos em que a rampa nº4, a varandinha do 3º anel e os pavilhões eram quase uma 2ª casa.

Apesar do tempo livre não ser o mesmo, a paixão pelo Benfica continua, num estado mais latente mas nunca adormecida. E tem sido com tristeza que vejo os acontecimentos da presente época, nomeadamente a relação…

O Triunfo dos Porcos, ou como uma boa ideia pode conduzir a um final infeliz

Image
Gosto muito do Triunfo dos Porcos – Animal Farm, na versão original - do George Orwell. O estilo mordaz com que o autor compara uma revolta de animais oprimidos com a revolução bolchevique e a consequente ascenção ao poder de uma classe dominante – os porcos – é genial. Tudo para que no final, os porcos se confundirem com os homens que originalmente derrubaram do poder. Há ideais nobres que são facilmente deturpados por quem os interpreta a seu belo prazer.

Isto transporta-me para uma jornada que vivi recentemente na minha vida, em que tive uma decisão complicada de tomar, considerando pros e contras e assumindo a justiça e boa vontade nos resultados da mesma. Entre manter-me um porco idealista, como o Floco de Neve (Snowball) de Animal Farm, ou transformar-me em homem, quis eu ficar porco. Só espero que daqui a uns tempos não esteja a ornamentar a vossa cozinha sob a marca “Pata Negra”.

Regresso às aulas

Image
Este mês terminei o meu regresso às aulas.

Desta vez do lado oposto da secretária. Quando ouvi falar do projecto Junior Achievement – Aprender a Empreender, comprei a ideia na hora. Passar 6 aulas com uma turma do 9º ano, onde o principal objectivo é desafiar os alunos a pensar, ajudá-los a tomar decisões e incutir principios de gestão financeira num orçamento familiar, é um objectivo ambicioso mas muito
interessante.

Na rifa saiu-me o 9º5ª da EB 2+3 Roque Gameiro, na Amadora, e confesso que fiquei surpreendido com os 28 alunos e alunas que me receberam nestes quase 2 meses. Ao fazer o balanço da actividade, fico feliz por ver que afinal nem tudo está mau neste país. Há miudos com ideias muito bem estruturadas e, se tiver estes como referência, o futuro de Portugal vai ser bem melhor. Haja vontade de aprender que o empreender vem depois.

A origem

Já tentei começar um blog bem parecido com este mas entre as confusões das passwords, utilizadores e afins lá se perderam alguns dos meus pensamentos. Vamos ver se é desta, obrigado a todos os que dedicam uns minutos por aqui.