Posts

Showing posts from September, 2009

Resignado

Pouco escrevi nos últimos tempos a respeito das legislativas, antecipando um pouco o que acabou por acontecer. Mais uma vez o povo manda para trás das costas o passado e continua a acreditar na verborreira da promessa, do sorriso fácil e da vitimização dócil, que transformou um verdadeiro tigre no gato das botas do Schreck, aquele que timidamente segurava o chapéu e mostrava os olhinhos ternos para aparentar vulnerabilidade.

Afinal o transformismo compensou, resta ver até quando mas algumas cabeças pensantes já falam de eleições antecipadas (e mais uma fortuna gasta pelo Estado a alimentar as máquinas da propaganda) . A vergonha do costume.

Já há uns meses tinha sentido o mesmo, quando um senhor de bigode manipulou as regras democráticas do meu clube e, no meio de tanta vergonha, recebeu mais de 90% dos votos. Apesar do Benfica não ser o Estado, o fenónemo eleitoral tem paralelismos e, mais uma vez, esqueceu-se o passado e acreditou-se no futuro.

É esta facilidade de perdoar e falta de…

E a tinta correu...

Image
Tento diversificar o que escreve, já que as jornadas passadas são tão diferentes e distintas que este local de registo não corre o risco de se especializar numa área. Desde o paintball às viagens, da musica às opiniões, dos estados de espírito ao Benfica, tantas fases da vida que deixam marcas.

O sábado passado foi desses dias. Ter a responsabilidade de liderar tanta gente e ver a forma como todos se entregaram às missões atribuídas fizeram sentir aquele formigueiro, misto de enorme orgulho e nervoso miudinho antes do inicio do jogo. O arranque foi terrível, a progressão inicial a passo de caracol fez-me temer o pior mas, felizmente, os manos aguentaram com bravura e após a confusão dos primeiros minutos foi ver toda a gente a movimentar-se conforme planeado.

A meio do jogo a vantagem pontual era mais de o dobro e a partir daí foi gerir espectativas, tentar concentrar esforços e deixar o tempo correr, com muita diversão à mistura. Mas o que mais me marca neste dia são os minutos a segu…

Aniversário na tinta

Image
Faz quase 5 anos que arrisquei ir à zona da Golegã para um jogo de paintball recreativo, com um grupo de pessoas cujo conhecimento se limitava a um R-team dos Renegados e algumas linhas trocadas num forum. A empatia foi imediata e, com o tempo, desenvolveram-se laços fortes que se traduziram num clube de paintball e em diversas equipas de airball.

No entanto, em paralelo, cresceu o sonho de uma pessoa em criar uma Associação que representasse os jogadores de recreativo de forma plural e democrática, agrupando gente de todo o país e hoje, já com representatividade além fronteiras. Em 2004 eramos pouco mais de quarenta mas quando celebrarmos a 19 de Setembro o 5º aniversário iremos ser mais de 600. Um grande feito para a Paintugal, para o André e para todos os outros que, ano após ano, trabalham para que o paintball nacional tenha o destaque que merece. Eu vou lá estar, à semelhança do 2º aniversário, a tentar levar umas das facções à vitória com fairplay e boa disposição. No final, ganh…

Dos fracos não reza a história

Mas os perdedores também deixam as suas marcas, especialmente quando são responsáveis pelo atirar da primeira pedra. Ontem, dia 1 de Setembro de 1939, passaram 70 anos sobre o começo do maior conflito mundial da história humana. Após manobras que permitiram a anexação da Austria, Checoeslováquia e provincias do Reno, Adolf Hitler decidiu dar o próximo passo, invadindo uma nação soberana na conquista do seu "espaço vital".

Depois de 6 anos e dezenas de milhões de mortos, a besta nazi foi derrotada e o mundo emergiu diferente, mais tolerante para com os derrotados. A todos os que combateram nela, que perderam a vida lutando pelos seus ideais e que sofreram, fica o desejo que tudo aquilo que sacrificaram não tenham sido em vão.