Posts

Showing posts from February, 2009

Breve raid a Madrid

Ir ao estrangeiro é sempre bom, nem que seja numa viagem relâmpago a terras dos "nuestros hermanos" para um seminário ibérico, que juntou colaboradores da minha empresa e da sua congénere espanhola, dado que a peninsula ibérica é cada vez mais vista como uma área de negócio per si.

Valeu a visita a Segóvia e ao Palácio Real de San Idelfonso, a residência de verão da corôa espanhola também conhecida como a Versailles de Espanha. Com sinal menos a gastronomia, que aapós 3 refeições já enjoava, e o trânsito de Madrid. Profissionalmente a viagem foi interessante, já que tive hipótese de ver a actual crise pelos olhos de alguém que a sente com mais medo do que em Portugal. Mas oportunamente voltarei ao tema.

Saúdo também a TAP, que nos dois vôos esteve pontual e com um serviço a lembrar outros tempos (os bons). Para o ano há mais.

A reboque da crise

Celebraram-se 4 anos de executivo socialista e ouvi uns comentadores fazerem os balanços do costume. O que foi prometido e o que foi entregue, o que correu bem e o que correu mal nestes últimos anos da rosa. A conjuntura internacional não ajudou e acabou por dar a machadada no optimismos socratiano, que vivia em 2007 como Nero assistiu ao incêndio de Roma ou Hitler no seu bunker em 1945 ainda achava possível ganhar a guerra. A demagogia instalou-se para os lados de S. Bento e os poucos ministros lúcidos desdobram-se em esforços para credibilizar um governo que, actualmente, tem um timoneiro com pés de barro.

Muito se escreveu a respeito da crise internacional, do sub-prime, da ausência de regulação e da fome cega do capitalismo pelo lucro fácil. Aqui Portugal está sempre a perder, já que nunca foi um país estruturalmente rico (fomos vivendo da India, do Brasil e de África enquanto pudemos) e restava usar a massa cinzenta para fazer a diferença, ao estilo do que fez a Finlândia, a Dinam…

Novidades da musica

O ano ainda só vai em Fevereiro mas adivinha-se um 2009 francamente positivo em relação a concertos. Em Junho Yann Tiersen vem ao CCB e já garanti lugar para ouvir o bretão; Abril é o mês do regresso de Kusturica e a No Smoking Orchestra, desta vez no Campo Pequeno e também consegui comprar os ingressos a tempo para evitar a desilução do outro concerto.

Já em Março irei ter a hipótese de ver um dos músicos brasileiros que mais aprecio e que já referenciei aqui. Lenine vem à Aula Magna e estou muito curioso na performance em palco deste excelente compositor.



E os concertos da Culturgest adivinham grandes noites de Jazz para os mais aficionados. Que belo 2009 para os meus ouvidos...

Good night, and good luck

Vi este filme a semana passada e fiquei surpreendido. Primeiro, pelo trabalho de George Clooney como realizador. O filme é interessante porque está a preto e branco, recreando uma atmosfera pura da década de 50, com uma banda sonora, onde a televisão dava os primeiros passos como fonte de poder e contestação. Segundo, porque o tema é polémico e, apesar de ter lido umas coisas sobre a época, não conhecia episódios em detalhe.

Ao estilo de "Bob", o filme utiiza imagens da altura, especialmente das polémicas intrevenções do senador McCarthy, o homem que liderou um grupo de trabalho na maior caça às bruxas nos Estados Unidos, a perseguição e humilhação de todos os que eram suspeitos de ser comunistas. A guerra fria estava no auge e o "papão" soviético legitimava acções como as de McCarthy, que durante anos aterrorizou os americanos numa vã cruzada para limpar o comunismo do país.

BAesado em factos verídicos, o filme retrata a atitude de dois jornalistas da CBS que decid…