Tuesday, March 27, 2007

Ainda a Ota

Ontem segui o "Prós e Contras" da RTP, para mim o melhor forum de discussão na televisão portuguesa. O tema era a Ota numa prespectiva técnica, num programa com a maior concentração de Engenheiros e Professores Catedráticos por metro quadrado.

Aguardava com alguma ansiedade os argumentos a serem esgrimados, já que considero os Engenheiros uma classe com elevado poder de síntese e grande capacidade analítica. No entanto fiquei desiludido com alguns dos argumentos apresentados. Rio Frio é pior porque temos que abater sobreiros (porque não mudá-los de local, como fizeram com as oliveiras do Alqueva), Ota é melhor porque não afecta a bacía Aquífera do Tejo-Sado (apesar da água consumida em Lisboa passar por aquela área), os solos da Ota são lodoso e precisam de estacas para garantir estabilidade (fazer mais de 200 mil estacas é perfeitamente normal), etc etc etc.

Admito que sou contra a Ota. Primeiro, porque o custo de transformar aquele local num terreno passível da construção de um aeroporto é enorme. Segundo, porque o poder político quer "cegamente" que a Ota seja o local escolhido, o que me faz suspeitar das razões por detrás da escolha.
Resta esperar que o Engenheiro no poder ponha o emocional de lado e consiga decidir racionalmente. Para bem de Portugal.

No comments: