Apetece-me...

Apetece-me sair daqui, caminhar sem destino, apreciar o que passa à minha volta...

Apetece-me cortar amarras e sentir-me um barco de papel, navegando ao sabor da corrente...

Apetece-me vaguear ao sabor do vento, sem preocupações, sem trabalho, apenas com a minha companhia de sempre...

Apetece-me andar descalço na relva, subir a uma montanha, beber Guinness e ouvir sons familiares...

Apetece-me tanta coisa, e as férias ainda não chegaram.

Comments

Dias... said…
E la está este privilegiado a fazer inveja a quem não anda de avião...

Anda tudo sedento de ferias parceiro, so faltam uns dias...

Abraço alinhado na Guinness, por essa tenho cortado o celibato alcoolico.
Porta-te mal said…
Pieces of you.

ADOREI

Continua a escrever assim...
Pratas said…
Amigo... também me apetece muito.. estas semanas têm sido impossíveis..
Sem Naufragar said…
Ah bom, abriste (salvo seja!) o Mestre que há em ti!
Vá, arregaça as mangas que qualquer um destes dias estás aí a bombar nas tuas férias. Bale!

Popular posts from this blog

O virar da página

Escolhas

Pequeno Gafanhoto