Thursday, August 30, 2007

O inferno do Peloponeso

Fico estarrecido com as imagens da situação na Grécia. É deplorável o estado a que o país e as populações chegaram, com dezenas de fogos que se propagam diariamente ao estilo do inferno de Dante.

Por cá os políticos congratulam-se pela pouca área ardida e pelo excelente dispositivo no terreno, apesar dos 10 helicópteros comprados o ano passado estarem parados em terra por falta de licenciamento. Quem os ouvisse parece que os gregos são parvos e aqui no Tuguistão a malta está muito mais civilizada e organizada. Não fosse o S.Pedro este verão ser amiguinho da floresta e queria ver onde estariam estas vozes da receita do sucesso. Perdidas na cinzas provavelmente...

Só espero que o futuro seja mais animador por terras de Péricles e Platão e que a malta por cá não adormeça à sombra da bananeira.

4 comments:

Dias... said...

Mestre, este é um tema que só me gera pensamentos selvagens…. Dos incendiários aos incompetentes que deixam arder o meu Portugal, todos na mesma fogueira!

Aos Gregos, barbaramente atacados pela mão cobarde que lucra, fortaleçam-se legalmente, e reconstruam-se, porque dá prazer ver algumas economias que já estiveram próximo da nossa alcançarem algo.

Abraço

Paulo said...

Ainda bem que Portugal não foi afectado por um flagelo taão grande como o da Grécia!

Realmente é muit triste ver aquelas imagens.

Bom fim-de-semana!

Sem Naufragar said...

Que drama tão perverso. Agora vieram as cheias... Olho para as imagens que passam na TV das chamas e salta-me à memória o filme Capitão Corelli com a bela Cruz. São imagens dos campos gregos ocupados durante a 2ª GM e que dão a conhecer aquilo que os os postais turísticos não retratam. E é belo.

Anonymous said...

Aprendi muito