Saturday, September 29, 2007

Cara ou corôa?

Ontem o PSD foi a eleições para eleger o seu novo líder e não foi com grande surpresa que hoje recebi a notícia da vitória do candidato do norte, pelos vistos o menos mau para os militantes do PSD.

O que dizer de Luis Filipe Menezes, o homem que lutava contra os elitistas, sulistas e outros liberais que havia pelo partido. O presidente da câmara que andou de braço dado com Pinto da Costa depois de Rui Rio acabar com a premiscuidade na câmara do Porto. O tal que construiu o centro de estágios do Olival com dinheiros publicos e que suporta a gestão do mesmo mediante o pagamento de uma renda irrisória.

No entanto, do outro lado, apenas estava o eterno aspirante a alguma coisa na política. O nº 2 que nunca se afirmou e que se desvanece no tempo com a areia numa ampulheta, uma das sátiras com mais "nóia" na televisão portuguesa.

Algo vai mal no partido em quem votei diversas vezes. O vazio de ideias e o silêncio dos mais competentes só augura uma possível 2ª maioria para o engenheiro que não o é, e uma derrota estrondosa para os laranjas nas próximas eleições. Mas face aos candidatos a líderes, a solução mais fácil era terem atirado moeda ao ar, já que o resultado final pouco terá de diferente.









2 comments:

Pratas said...

Infelizmente ou não, política não é comigo...

Dias said...

Desde os 18 anos apenas não votei uma vez, mas quase nunca precisei de caneta para votar.

Não acreditando em ninguém, parece-me que Santana traria outra imagem (porque politicos ou politicas não as temos)... so quero que não me levem daqui o Isaltino.

Abraço branco