Friday, September 7, 2007

Vida de treinador...

Esta semana senti-me na pele de um treinador de futebol. No espaço de alguns dias passei de bestial a besta, fortemente criticado pelo meu superior hierárquico mas valorizado pelo superior do superior. Assim como o Fernando Santos da época passada, odiado pelos sócios mas apoiado pelo presidente.

Parece confuso, e de facto é. Mas com o passar dos dias o nevoeiro vai-se dissipando e consigo vislumbrar os contornos que estão por detrás da atitude. Reta saber se irei ter o mesmo futuro do ex-treinador do Benfica (descansem que não faço tenções de trabalhar na Grécia) ou se consigo sair ileso deste processo.

Hoje lembrei-me de um livro que li e reli várias vezes, que foi companhia de cabeceira durante uns largos meses: "A arte da guerra", de Sun Tzu. Apesar de ser um livro militar, a estratégia associada a esta obra, escrita no século VI antes de Cristo, é brilhante e pode ser utilizada em várias situações da vida.

"XIII

13 – Quem não for sábio e esperto, humano e justo, não pode servir-se de agentes secretos. Também quem não for delicado e subtil nunca conseguirá deles toda a verdade. "

Está na altura de cerrar os dentes e partir para mais uma batalha.

2 comments:

_aifos_ said...

Já me falste dele e ainda não li...
Pode ser que desta vez seja o empurrãozinho!:))

beijokas
(e vais ver que vai ficar tudo bem)

Dias said...

E que venças!

Paciencia, MUITA é necessaria, para quem é mais humano que tu.

Abraço forte