Thursday, November 1, 2007

Haja educação

Não votei neste governo e olho para alguns membros deste elenco e até me benzo mas gosto do avaliar, com alguma isenção, o trabalho de alguns ministros. Hoje ouvi uma notícia que a ministra da educação forçou um volte-façe no grupo parlamentar do PS e conseguiu a aprovação de uma portaria que vai reprovar os alunos que tenham faltado durante o ano lectivo e que não tenham realizado com aproveitamento o exama de "última oportunidade".

Andava um pouco distante destas lides mas fiquei surpreendido com o que ouvi. Primeiro, uma minitra ir contra os deputados do seu partido. Fico feliz porque acredito que a medida é boma e vai acabar de uma vez por todas com as estatísticas fantásticas que apresentamos na União Europeia sobre o aproveitamente escolar da nossa juventude. Se sabem passam, se andam na balda reprovam. Era assim no meu tempo de secundário mas parece que a tradição já não é o que era.

Segundo, porque ainda vamos dar ao aluno "baldas" a ultima oportunidade. Assim tipo aquela frase antes do puxão de orelhas: "vê lá se é desta, senão é que vais mesmo ao castigo". O mundo moderno não compadece com facilitismos. Se não somos eficientes, se as empresas portugueses não vingam nos mercados internacionais, não há ultima oportunidade. Há que voltar a trazer o rigor para as gerações mais jovens, obrigá-los a perceber que nada é fácil nesta vida e que tudo se consegue apenas e só com trabalho.

Depois da revolução com os professores e as aulas de compensação, estou curioso para ver o que se segue.

4 comments:

_aifos_ said...

Pois... matérias de Educação que é tão importante e está tão mal com esta "direcção".

O que vem a seguir?
- http://antero.wordpress.com/2007/11/01/falta-aqui-qualquer-coisa/
- http://antero.wordpress.com/2007/10/30/fora-exageros/

:s

Paulo said...

Eu também não votei neles. É da bradar aos céus alguns "Pinhos" que por lá andam. Isto está entregue aos bichos...

Pratas said...

Nem vou comentar o que escreveste. Subscrevo na totalidade.

Nice song ;)

Sem Naufragar said...

Este teledisco (videoclip para nascidos pós 90s!) é seguramente arte.
O teu post põe o dedo num tema que anda anos em reformas, fazendo de nós todos uns reformados por cabeças políticamente focadas em nºs, estatatísticas, an so on.
Se cada aluno fosse um nº, desgraçado do nosso futuro.
Tenho estado out destes temas, mas a julgar pelo que vou sabendo, continuamos à procura de um modelo e mantemos calada a necessidade de educar para o particular.
Estamos na Era das massas!
Detesto generalizar, porque como em td há bons exemplos. Há educadores que permitem a liberdade de cada aluno.
Sem dúvida que há muitos anos que passamos as mãos nas costas de muitos alunos, dando-lhes a noção errada de que a vida é fútil.