Thursday, February 7, 2008

Até sempre, amigo

Ao ver o email nem queria acreditar na notícia. Um colega de faculdade faleceu no final de Dezembro, fruto de um ataque cardíaco que o levou com 35 anos. Foi daquelas amizades que, não sendo próximas, se foram mantendo.

Lembro-me do cabular num exame de cálculo infinitésimal, aquele cadeirão que só dava trabalho e para pouco servia, onde trocámos notas e folhas de rascunhos para no final sacarmos o 12 que tanto queríamos. Ainda nos cruzámos várias vezes depois da faculdade, em almoços de ex-colegas onde brincava com o excesso de peso que a malta casada tem tendência a desenvolver. Era um paz de alma e um tipo exemplar, amigo do próximo e sempre bem disposto. Até sempre Rudolfo.

No comments: