Wednesday, May 7, 2008

Literatura de férias

Nestas feriam tive também alguns momentos mais calmos, que convidaram à leitura. Entre viagens, transfers e momentos de descanso li dois livros de bolso, bastante diferentes entre si mas que merecem o destaque.

“The Reluctant Fundamentalist”, de Mohsin Hamid, mostra uma visão original de um paquistanês que reside nos Estados Unidos aquando dos atentados de 11 de Setembro. Numa prosa focada em plena conversa a dois, entre a personagem principal e um ouvinte (que convida a que seja o leitor), é uma livro agradável, de fácil leitura e que dá uma outra visão deste acontecimento.

“The Shakespeare Secret”, de J.L. Carrell, é bem diferente. Um thriller ao nível do “O Código Da Vinci”, o tema central é uma peça de Shakespeare que não chegou aos dias de hoje. O enredo é envolvente e aditivo, complexo mas bem construído, com uma base história coerente e onde fiquei a aprender mais sobre a obra do poeta. Para que gosta do estilo fica a ideia, confesso que não sei se já há uma versão traduzida em Portugal.

2 comments:

Dias said...

Tu lês coisas bastante interessantes parceiro, principalmente porque têm (também) contra-cultura, algo que só os realmente sedentos tentam encontrar.

Quem me dera sofrer do vicio da leitura...

Abraço

_aifos_ said...

Eu 'tou a precisar de novas leituras. Até cheguei a pedir ideias, lá no meu cantinho, mas nada:(

Esses leste e gostaste... mais alguma coisa que me colocarias a ler?
obrigada, mestre!