Thursday, May 29, 2008

O stress

Hoje fiquei surpreendido, afinal quando se recebe uma prenda que não se está à espera é sempre agradável. Especialmente vinda de alguém que, nos últimos tempos, tem sido uma boa ouvinte e excelente companhia, especialmente na fase conturbada da mudança profissional.
Por várias vezes me cobraram o facto de ser um pouco autoritário e, por vezes, tentar ser mandão, mas foi curioso encontrar do outro lado uma pessoa com um feitio parecido e durante cerca de 6 meses não ter existido um stress. Talvez por isso recebi uma curiosa literatura: "O pequeno livro do stres - A calma é para os fracos".
Acho que foi a maneira mais cool que tive de me chamarem fraco mas vou seguir o conselho e stressar-me um bocado. Miúda, obrigado e tu estás no patamar daqueles que têm um lugar de destaque, dos amigos mesmo fixes.

3 comments:

Anonymous said...

A minha lógica é que não fracos e fortes, somento stressados e zen's. Assim, podemos utilizar o melhor de nós nos momentos chave!
Esse é o espírito e a aprendizagem. Li o teu post já com a lágrima no olho enquanto pensava num trago de "bushmils" com travo a saudades.
Bjs,
Sara

Pratas said...

Não stresses :) parece ser uma boa leitura, depois dizes-me o que aprendeste ;)

Salazar Capitão said...

Power To The People