Friday, April 17, 2009

Dança das cadeiras

Aproxima-se o ciclo eleitoral de 2009 com as eleições e começam as danças das cadeiras, ao estilo do baralha e volta a dar. O PSD escolhe como cabeça de lista o líder do grupo parlamentar, no PS há deputados europeus que passam a candidatos para as Autárquicas, o PP opta pela formula dos laranjas e o Bloco volta a trazer uma figura mais mediática.

É triste ver este rebuliço, faz-me lembrar as gaivotas ao final do dia nos portos de pesca, cada uma a tentar uma bicada no que sobra. É gritante a falta de rigor e de qualidade da nossa política, onde cada vez mais a experiência profissional fica para segundo plano e os "profissionais da política" fazem uns meses de Assembleia da Republica, dão uma perninha no Parlamento Europeu e depois acham-se com know-how para assumirem a presidência de uma câmara qualquer.

Para quando uma lei que discipline isto, que obrigue a que um cargo deste nível tenha que obedecer a um percurso com o minimo de experiência de vida. Cada vez mais surgem Jotinhas que começaram a carreira a colar cartazes e fazer número nos comícios, a berrar nas caravanas das campanhas eleitorais para depois esperarem pela lotaria dos cargos de assessores, vareadores e outros postos da corte do poder.

Enquanto não existir gente de qualidade na política, continuaremos a ser mandados por quem nada sabe e simplesmente persegue o tacho. Até quando?

1 comment:

Pratas said...

Ui... isso não tem fim à vista amigo...