Tuesday, May 24, 2011

O saber

Sempre defendi as pessoas competentes. E sempre me considerei um profissional de referência nos vários locais por onde passei. Mas hoje fiquei surpreendido em ver até onde a arrogância nos pode levar.

Os momentos não são fáceis e há "dores" sofridas por todos, mas quando alguém se acha "O MAIOR", só me lembrei do falecido Vitor Batista e da brilhante carreira e posterior declinio.

Há quem cultive a humildade, há que goste de provocar ao estilo do Mourinho, mas quando alguém diz que pouco tem a aprender, fico com duas ideias. Primeiro, que a visão está centrada no seu umbigo, uma vez que desconhece tudo o que se passa por este mundo. Segundo, que aprendemos todos os dias, até ao nosso último. Quanto mais olho para traz na vida lembro-me de todos aqueles que tiveram a paciência e a vonta de me ensinar, a todos eles o meu obrigado por me terem tornado na pessoa que sou.

Hoje tenho deixar a minha marca, especialmente a todos os que querem aprender algo que eu possa partilhar. No final, nem que seja uma atitude, uma experiência, uma nova forma de ver as coisas, há sempre algo de positivo a retirar de outro.

No comments: