Balanço

Tenho reparado ultimamente, quando estou com alguns amigos que visitam o blog, que não tenho dado muitas notícias desta nova fase da minha vida, depois de abraçar o novo desafio profissional.

Na realidade, estou muito feliz e sinto-me francamente bem. O novo ambiente é excelente - fruto de uma organização pequena mas coesa - os interlocutores profissionais têm sido impecáveis e, com um ano que se adivinha exigente e de dificuldades, sinto que posso fazer a diferença e entregar bons resultados. O ramo de negócio é totalmente diferente mas em cerca de um mês já aprendi muito. Sei que tenho que crescer mais mas, como tudo na vida, é na troca de experiências e na constante aprendizagem que crescemos e evoluímos como pessoas.

O mestrado caminha para o último quarto das aulas, com os dois últimos exames em Junho. Até lá tenho que esperar por um coordenador de tese para, quando tiver a aprovação do tema, voltar a bombar nas horas. Mas já tenho algum trabalho de casa feito por isso vou aproveitar estes últimos dias sem stress e aguardar o veredicto final.

Pessoalmente a vida agradeceu a mudança, tenho tido tempo para voltar ao ginásio regularmente para as minhas aulas de RPM e começo a subir de forma. O passo a seguir é perder os 5 kilitos que teimam em fixar-se na zona abdominal mas, com tempo, também esses vão ter ordem de marcha. Até porque treinar na companhia da conjúge era um luxo ao qual não estava habituado.

Por isso, à laia de análise à professor Marcelo, classificaria este mês como um 15. Uma nota que pode parecer curta mas porque sinto que posso dar mais no trabalho, sem comprometer a vida familiar. Afinal, não devo alinhar pela mediocridade.

Comments

Anonymous said…
Andava eu pela blogoesfera quando, para minha agradável surpresa, dei de caras contigo. Muito bom, meu caro Mestre. Muito bom mesmo. :)
E fico muito contente por saber que está tudo a encaminhar-se para o "ponto de rebuçado" que desejas e mereces. A partir de agora já sei onde te posso "visitar".
Beijos,
Vânia
Mestre said…
Agradeço a visita mas como conheço duas Vânias, e as duas mulheres do norte, fiquei com uma dúvida. Serás a Vânia da fatinha? ;-)
Um Momento said…
Hum...
Tenho passado por cá sem comentar...
Hoje resolvi deixar um olá...
Assim como sorri ao a tua vida agradecer com a mudança da habitual"rotina",com o teu novo desafio profissional:)
Desejo sinceramente que continue a correr tudo muito bem e que esta tua felicidade seja extensiva por todos os dias.
Quanto ao gináio...sortudo...pois o meu tempo está off...;o)

Desejo uma boa semana !

(*)
Anonymous said…
Eheheh
Sim, é a Vânia da fatinha... :D
Dias said…
Para um Irlandes na paixão, narraste com o desprendimento de um Inglês :)

Que Abril te saiba, no minimo, a um 16!

Fica bem parceiro
Pratas said…
:) 15 é bem bom

É bom saber que te estás a "safar" ;)

Popular posts from this blog

O virar da página

Pequeno Gafanhoto