Tuesday, July 14, 2009

Memórias

Já por aqui escrevi a respeito do 14 de Julho e da tomada da Bastilha, como também já escrevi sobre o herói das duas rodas, por quem tenho um especial carinho.

Hoje, ao olhar para o calendário, vejo que já passou um ano sobre o 1º tópico e dois anos sobre o segundo. Por terras de França, via ontem a notícia de um grupo de trabalhadores que ameaçava explodir a antiga fábrica onde trabalhavam se não recebessem uma indemnização compensatória pela perda do seu posto de trabalho. Se a moda pega, ainda vemos louça das caldas pelos ares e, com sorte, alguma pendurada na armação de um ex-ministro.

Quanto a Armstrong, depois de uma paragem na competição, eis que voltou ao Tour e segue em 3º lugar, a apenas 8 segundos da camisola amarela. Que mais se pode escrever sobre este homem, exemplo que força, querer e ambição? Temos menos de 4 meses de diferença na idade e partilhámos da minha experiência no que à saúde diz respeito. Apesar da dele ter sido muito mais intensa, graças ao meu diagnóstico precoce, as palavras de Lance foram presença contínua na minha mesa de cabeceira, com o seu "A journey back to life". Há pessoas que têm o condão de ser diferentes, de serem verdadeiros campeões e Armstrong, mesmo que não ganhe nada este Tour, mostrou que a fibra não desaparece com a idade. Que o Tour lhe corra bem.

No comments: